Parada LGBT desconvida Inês Brasil após receber críticas

Cantora divulgou foto ao lado do presidente Jair Bolsonaro em 2017

Publicado em 08/05/2019
Inês Brasil é desconvidada para a Parada LGBT de Santa Maria, no DF
Inês seria a grande atração do evento que acontece em 30 de junho

A Parada do Orgulho LGBT de Santa Maria, no Distrito Federal, publicou comunicado informando que não contará mais com a presença de Inês Brasil.

Curta o Guia Gay Salvador no Facebook

A cantora seria a grande atração do evento, em 30 de junho, e sua presença foi divulgada como sendo seu "retorno". Cerca de 24 horas após o anúncio, ela foi desconvidada.

Sem citar o nome da artista, o presidente da ONG JUDIH LGBT, Maurício Martins, que organiza a parada, afirmou que mudou a atração para atender pedidos.

"Ouvindo as críticas, decidimos substituir a artista que supostamente apoiou o presidente da República declaradamente homofóbico", afirmou Martins.

Em 2017, Inês posou ao lado de Jair Bolsonaro. Bastante criticada, à época, pelos fãs LGBT, Inês tentou se explicar dizendo que foi ele quem pediu para ser clicado ao seu lado.

"Lamentamos muito e pedimos desculpas pelo ocorrido, sabemos que a mesma artista já esclareceu o fato mas como a grande maioria do público do evento rejeitou sua contratação, resolvemos substituir e em breve divulgaremos a nova atração", diz o comunicado.

Inês Brasil posou ao lado de Jair Bolsonaro

 


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.