Cine Tupy

Um grande templo da Igreja Universal do Reino de Deus... Opa, aqui é um guia gay. Então, melhor dar uns passos à esquerda e falar do estabelecimento vizinho à igreja: o Cine Tupy

Trata-se do clássico cinemão pornô: grande, histórico (e cheio de histórias), sem muitos cuidados, mas, digamos, eficiente. 

Não deixa de ser um charme a bilheteria ser uma pequena janela, um pouco afastada da entrada. Algo clássico, vai!

Lá dentro, depois de um foyer com teto charmoso (acredite!), a área de acesso às poltronas, um semi-círculo, é a parte mais movimentada. É onde ocorrem olhadas e demonstrações de "volumes". 

Os banheiros, nos extremos de cada lado, honram a fama de mictórios de cinemões, com problemas de limpeza.

Atrás das poltronas, junto a uma parede, outra zona de circulação. O escuro proporciona mais ousadia. 

Junto à tela, gigantesca, há uma grande área livre. E não pense que os astros são apenas os do filme. Chegue mais perto da telona e constate que há baias dos dois lados, nas paredes laterais. Está aí um bom meio termo entre algo mais privado e o fetiche de ser visto.  

Avenida José Joaquim Seabra, 357, Baixa dos Sapateiros.
Segunda a domingo, 10h às 18h30.
R$ 7. 


Parceiros:Lisbon Gay Circuit Porto Gay Circuit
© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.