Fábio Porchat critica homofóbicos e vídeo viraliza. Assista!

Montado como drag queen, humorista ironiza defesa de valores tradicionais de famílias

Publicado em 04/11/2018

Fabio Porchat fala contra a homofobia em making of de vídeo do Porta dos Fundos

O ator e apresentador Fábio Porchat criticou homofóbicos no making of do vídeo chamado "Fake News" do Porta dos Fundos.

Curta o Guia Gay Salvador no Facebook

No vídeo original, Porchat interpreta uma drag queen que invade a casa de uma senhora, vivida por Suely Franco.

Como o PT venceu as eleições, a drag vai cooptar a neta de cinco anos da mulher, que recebe o "kit gay", a benção de "Jesus travesti" e uma chupeta em formato de pênis. Ou seja, várias das "fake news" espalhadas pela campanha de Jair Bolsonaro (PSL) contra Fernando Haddad (PT).

Já no making of do vídeo, Porchat aparece se maquiando e dando depoimento para a câmera. Ele diz sobre os gays: "E se uma criança vê você amando uma pessoa, vê você feliz, abraçado com uma pessoa que te ama. Ela está acostumada a ver morte, você dá amor, ela não entende".

"Fica você querendo mostrar gente bem resolvida, confunde a cabeça da criança. O certo é um homem e uma mulher infelizes num relacionamento há 30 anos. O certo é: um pai que trai sua mãe num puteiro e uma mãe que fica em casa aceitando isso porque ela é mulher."

O trecho que viralizou nas redes sociais é o que está a partir de 5 minutos e 11 segundos no vídeo:

 


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.