Esperança: nova vacina contra HIV é testada em humanos

Ao todo, 2.600 mulheres sul-africanas participação do estudo

Publicado em 09/07/2018
HIV: nova vacina será testada em humanos. Resultado sai em 2021
Resultados da vacina em humanos, bem-sucedida em macacos, sairão entre 2021 e 2022

Uma nova vacina contra o HIV passa por um processo bem-sucedido de testes. Após desencadear uma resposta imune em humanos e ter protegido macacos da infecção pelo vírus, o experimento segue adiante.

Curta o Guia Gay Salvador no Facebook

Ainda na fase de pré-aprovação, a vacina será testada em 2.600 mulheres na África do Sul. O atual processo é chamado pelos cientistas de HVTN705 ou "Imbokodo" que na língua zulu significa "rock".

Mais
>>> Homens com HIV têm 2 vezes mais fragilidade muscular
>>> Homem ganha R$ 70 milhões por teste de HIV não realizado

"Embora esses dados sejam promissores, precisamos permanecer cautelosos", disse o professor da Harvard Medical School, Dan Barouch, que lidera a pesquisa, à Agência France-Presse.

Em macacos, a vacina ofereceu proteção contra dois terços dos animais analisados. "Precisamos aguardar os resultados do estudo antes de sabermos se esta vacina protegerá os humanos contra a infecção pelo HIV."

Os resultados devem ficar prontos entre 2021 e 2022. Segundo Barouch, este é o quinto conceito de vacina contra o HIV testado em humanos em 35 anos de história da luta contra a doença.

Até agora, apenas uma das vacinas, testada em 2009 (chamada RV144), conseguiu produzir alguma proteção. Em testes com 16 mil voluntários tailandeses, 31,2% dos participantes do estudo ficaram protegidos contra o HIV, número considerado baixo para que o medicamento fosse produzido e vendido.


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.