Estreia: peça 'Orgulho' discute empoderamento lésbico

Espetáculo cumpre temporada até 17/11 no Espaço Cultural Raul Seixas

Publicado em 01/11/2018
Mariana Borges vive professora em peça que discute empoderamento lésbico, Orgulho, em Salvador. Foto: Bob Nunes
Mariana Borges vive professora no espetáculo da SouDessa Cia. de Teatro. Foto: Bob Nunes

Uma professora precisa lidar com as demonstrações de afeto de duas alunas no pátio da escola. Este é o tema de Orgulho, espetáculo que estreia nesta sexta-feira 2 em Salvador.

Curta o Guia Gay Salvador no Facebook

No monólogo da Sou Dessa Cia. de Teatro, a professora Marília reavalia seus princípios ao encarar a situação. 

Namoradas, as estudantes tomam a atitude como uma forma de protesto e libertação de seus direitos como mulheres lésbicas.

Embora recebam o apoio de alguns de colegas, as reações no colégio particular de visão conservadora são em sua maioria homofóbicas.

Além disso, a posição contrária da instituição em lidar com o assunto faz com que Marília tome uma atitude surpreendente. 

O monólogo escrito e dirigido por Filipe Harpo traz a atriz Mariana Borges (Frida Kahlo, O Compadre de Ogum).

A expectativa do espetáculo é de ampliar o debate sobre as lutas LGBT, ao intercalar a história do ato violento ocorrido no colégio e o desenvolvimento dos movimentos arco-íris. Todas as ações desenvolvidas por meio dos olhos de uma mulher.

A montagem faz parte do Projeto Sou Mais da companhia, contemplado no Edital Apoio a Grupos e Coletivos Culturais 2016, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

A peça faz temporada no Espaço Cultural Raul Seixas às sextas e sábados até dia 17. Mais informações você tem em nossa Agenda clicando aqui.


© Todos direitos reservados à Guiya Editora. Vedada a reprodução e/ou publicação parcial ou integral do conteúdo de qualquer área do site sem autorização.